Sobre Fotógrafo de família em Curitiba - LUCY LIMA FOTOGRAFIA

Sobre

LUCY LIMA

O tempo é precioso e a vida passa tão depressa que registrar histórias faz parte da vocação,

de um chamado divino de Lucy Lima.

Filha de pais pernambucanos e de família simples, essa carismática paulistana cresceu

sendo a filha do meio, entre duas irmãs. Aprendeu a valorizar a fotografia, pois a sua

própria história na infância não fora registrada. Porém, essa consciência foi despertada

somente mais tarde.

Antes de se tornar fotógrafa, precisou iniciar a sua vida profissional por volta dos quatorze

anos. Com o dinheiro que ganhava, podia comprar as suas próprias coisas. Aprendeu a ser

independente, fortaleceu-se e partiu para conquistar seus sonhos.

Formou-se em Administração, com MBA em Controladoria e atuou nessa condição por

muitos anos.

Até que algo profundo mudou a sua vida: o nascimento dos seus filhos. Veio-lhe à memória a

dor de não terem sido documentadas as suas próprias imagens, os seus primeiros passos, as

suas risadas, os seus amiguinhos, aquele abraço apertado, aquele olhar que só um fotógrafo

preparado consegue captar e eternizar. Não deixaria, jamais, que seus filhos ficassem sem

uma história para recordar.

Foi então que em 2010, resolveu fazer um curso completo de fotografia. No início, apenas

como hobby, só para aprender a usar uma máquina semiprofissional. Mas, a paixão foi tão

intensa que resolveu fazer da fotografia a sua profissão.

Três anos mais tarde, veio para Curitiba com a família acompanhando a transferência de

local de trabalho do marido.

De lá para cá muitos cursos, congressos e workshops pelo Brasil. Sua dedicação a essa arte

foi reconhecida pela organização Inspiration Photographers Family, da qual faz parte ao

lado dos melhores fotógrafos do mundo.

O trabalho de Lucy Lima não se resume apenas a um clicar de botão. Exalando sensibilidade

e empatia, é o seu olhar artístico e técnico que garante que o significado da história de quem

a chama seja retratado fielmente, que seja mostrado para as gerações futuras a sua

existência, que transpareça quem foi você, o que fez na vida e a que família pertence. A

história a seguir contada por ela reflete a transcendência da sua missão:

“Em um dia ensolarado, estaciono o carro e me dirijo à entrada do Jardim Botânico, em São

Paulo, para mais um dia de sessão de fotos. Eram pai, mãe e dois filhos pré-adolescentes que

queriam registrar momentos em família. Caminhando ao lado deles, percebi algo estranho

no ar. A mãe me puxou para o lado e contou-me baixinho que estavam separados. Ele já

morava com outra mulher e tinha um outro bebezinho dessa relação. Passado esse

momento de tensão, respirei fundo e iniciamos a sessão de fotos, que transcorreu muito

bem. Ao final, o pai estava descontraído e as fotos ficaram maravilhosas. Pouco tempo

depois, recebo uma ligação da mãe contando-me que aquele dia foi tão marcante que o casal

se reconciliou e a família finalmente nunca esteve tão feliz. Dois anos depois, o pai faleceu”.

Essa alegre, generosa e apaixonada fotógrafa de família mudou o curso da sua própria vida,

para poder transformar o de tantas outras.

O seu talento em criar conexão, em captar um sorriso espontâneo, um olhar doce, aquele

instante eterno que jamais voltará, tornam o resultado do seu trabalho acolhedor, único e

diferenciado.


Storytteling por Luiz Bigarelli (Gratidão querido amigo!!)